Revestimentos Epoxy
15611
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-15611,bridge-core-1.0.5,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.2,vc_responsive
 

Revestimentos Epoxy

Revestimento epoxy de reservatórios para produtos alimentares (vinhos, água potável, azeite, sumos etc) e não alimentares

Para preservar o produto vínico, manter as suas características e proteger a superfície do reservatório é necessário aplicar um revestimento inócuo, duradouro e quimicamente resistente assim como todos os outros produtos alimentares.

 

Aplicamos um produto C-Pox TL790 FG* que cumpre com as exigências do novo Regulamento Europeu que estabelece normas específicas de segurança a aplicar na utilização de materiais e objetos que estarão em contacto com géneros alimentícios.

Produto C-Pox® TL790 FG

C-Pox® TL790 FG está certificado para uso em revestimento de interior de depósitos de água potável, sumos, azeites e bebidas alcoólicas até 50º inclusive. Foi ensaiado em laboratórios acreditados para avaliação dos limites de migração global e específica, bem como para avaliação organoléptica em contacto com água potável, vinho corrente e vinho licoroso. Cumpre as exigências do novo Regulamento Europeu (EU)* nº. 10/2011 de 14 de Janeiro de 2011, que estabelece normas específicas a aplicar na utilização em segurança de materiais e objectos que estarão em contacto com os géneros alimentícios. Certificados de ensaio externos: – Aprovado pela EPAL relativamente aos ensaios de migração, organolépticos e avaliação microbiológica em contacto com água potável. – Aprovado pela OTEC relativamente aos ensaios de migração global e específica em contacto com água potável, sumos, bebidas alcoólicas até 50º de teor alcoólico, óleos alimentares e azeites. – Aprovado pela Escola Superior de Biotecnologia da UCP-Universidade Católica Portuguesa quanto aos ensaios organolépticos em contacto com água potável e pelo IVDP – Instituto do Vinho do Douro e do Porto quanto aos ensaios organolépticos em contacto com vinhos correntes e licorosos (ex: vinho do Porto). Estes certificados foram realizados para temperaturas de até 40ºC. Cumpre com a norma 21 CFR 175.300 para Condição E, 8% álcool. * Este novo regulamento europeu revoga a Directiva Europeia 2002/72/CE e todas as posteriores directivas que a alteraram. SEGURANÇA, SAÚDE E AMBIENTE Em geral, evite o contacto com os olhos e a pele, use luvas, óculos de protecção e vestuário.